Slide background

Receba em primeira mão informações sobre eventos, feiras, cursos, palestras e muito mais!

Já vai embora?

CLIQUE AQUI PARA SE CADASTRAR

Good vibes: Ame Mais cria muito mais que acessórios

A designer Ana Paula Meira, desde pequena, vive no agito da fabricação e venda de acessórios de moda. Seus pais já trabalhavam há algum tempo com joias em ouro, folheados e bijuterias.

Foi justamente por ter nascido neste ambiente, entre suas brincadeiras com miçangas e cristais que enfeitavam seu quarto, que ela afirma: "nunca pensei em trazer isso pra minha vida profissional!”

Decidida a fugir do seu destino, Ana queria estudar Biologia, formação do seu pai. Para surpresa da jovem ele a aconselhou: “minha filha, vá estudar moda!” E foi exatamente o que ela fez. Durante a faculdade ela começou a trabalhar em algumas lojas, fora do ramo de acessórios.

Após concluir sua faculdade, em 2007 decidiu se mudar para o anterior de São Paulo para ajudar seus pais. Vendo o funcionamento das fábricas, a designer aprendeu técnicas de montagem de peças, técnicas de solda, banhos, dentre outros ofícios. Foi aí que ela percebeu que este era um caminho em volta.

Mas foi na sua volta para a Cidade Maravilhosa que tudo começou. Com um mix de peças que sobraram do seu antigo negócio, somado ao fundo de garantia que recebeu das lojas em que trabalhou, fundou em 2011, a Ame Bijoux, que mais tarde viraria a Ame Mais, associada ao Sistema Ajorio.

  • A designer Ana Meira é a cabeça criativa e fundadora da marca.


A empresária aprimorou seus conhecimentos e aprendeu a arte da Ourivesaria. Em posse de todos os conhecimentos adquiridos até então, durante uma viagem com as amigas à Chapada dos Veadeiros, foi que nasceu a primeira coleção da marca. “A Chapada é um lugar de muita energia, tinha cristais por todos os lados. Durante a viagem, um hippie criou um amuleto com um cristal e uma de minhas amigas, que mora na Nova Zelândia, me pediu para desenvolver uma coleção exclusiva, inspirada naquele amuleto, para levar pra lá” – conta Ana.

E então a Ame começou a alçar voos mais altos. No início o trabalho era focado em cristais e trama hippie, um sucesso que ela levou para a Babilônia Feira Hype, primeiro evento de grande repercussão que a marca participava. Viria depois participações no Minas Trend, Veste Rio, dentre outros.

Com o amadurecimento da empresa, a designer incorporou, além do couro, camurça, cordão encerado e tecidos peruanos, o uso de outros tipos de pedras ao seu trabalho, e largou o estilo hippie chic. Hoje, com foco na espiritualidade que cada pedra possui, sua inspiração está no significado, na energia e na história de cada mineral, “que além da beleza transmite e transforma as energias ao seu redor” – enfatiza a empreendedora. As bijuterias da marca são produzidas manualmente, diminuindo o uso de maquinários e contribuindo com a sustentabilidade do mundo.

Nova coleção

Desde criança, Ana é apaixonada por cristais, mar e natureza e ela usa essa energia na forma que cria as suas peças. A Coleção Sinergia Yin, lançada há pouco mais de um mês na inauguração do novo espaço da marca, traz diversos acessórios em prata, pedras brutas naturais e latão com banho, uma verdadeira sinergia entre materiais. “O nome da coleção se deu pela troca e força que temos quando nos unimos e quando essa troca vem com verdades, se torna muito maior” – diz Ana.

Assine nossa News

Informe seu melhor email para receber as últimas notícias do setor de joias e bijuterias.
Você é empresário do setor de joias e bijuterias?

Instagram Feed

 

Assine nossa News

Informe seu melhor email para receber as últimas notícias do setor de joias e bijuterias.

Você é empresário do setor de joias e bijuterias?