Slide background

Receba em primeira mão informações sobre eventos, feiras, cursos, palestras e muito mais!

Já vai embora?

CLIQUE AQUI PARA SE CADASTRAR

Motta Carvalho investe em tecnologia e lança nova linha de produtos

Com mais de 20 anos de atuação, a Motta Carvalho Acessórios, mais recente associada da Ajorio, está pronta para revolucionar.  A fábrica fez um grande investimento em automação, com a aquisição de equipamentos importados, que vão permitir o lançamento de produtos diferenciados e um novo posicionamento no mercado. 

pingentes

A primeira linha, que deverá ser lançada até o fim do ano, será de fivelas para cintos masculinos, que serão produzidos por meio da mais moderna técnica de fundição, feita por injetora. Com este maquinário, a peça já sai pronta para o acabamento. “Investimos em automação com a aquisição de equipamentos que vão nos possibilitar não só aumentar a produção, como também oferecer produtos com uma qualidade melhor. No processo tradicional de fundição, por exemplo, a peça não tem a mesma precisão que conseguimos com a injetora”, contou Lúcia Rolim, sócia da Motta Carvalho ao lado do irmão, José de Arimatéia Rolim.

Outra inovação virá com o aprimoramento da impressão 3D, para a qual Lúcia está se preparando com o objetivo de produzir peças que se aproximem da joia. “Queremos melhorar o acabamento em todos os nossos produtos, principalmente para atender os clientes de bijuteria, oferecendo peças com padrão de joia. Entramos definitivamente na indústria 4.0”, comentou Lúcia.

peças douradas

Localizada em Benfica, na Zona Norte do Rio de Janeiro, a Motta Carvalho atende, atualmente, a uma carteira de 150 clientes, fornecendo acessórios que incluem, bolsas, sapatos, cintos, bijuterias e acabamentos em metal para a moda e moda praia. A fábrica faz todas as etapas da produção, desde a criação até o produto final, incluindo diversos tipos de banhos e verniz cataforético, última inovação em termos de proteção e brilho extra às peças. 

História

A Motta Carvalho nasceu como uma fábrica de bijuterias, em 1994, em São Cristóvão. Em 1998, Lúcia e seu irmão compraram a empresa e redirecionaram o negócio, tornando-se um dos primeiros fornecedores para pequenos produtores de Moda no Rio de Janeiro. “Na época, não existiam fábricas no Rio, e decidimos ocupar este nicho, o que foi muito bom para as pequenas marcas, que, até então, precisavam comprar em outros estados de fornecedores que só vendiam volumes grandes”, contou. 

017

Com este atendimento direcionado às pequenas empresas, a Motta Carvalho, que teve seu nome original preservado, expandiu a produção, passando dos 500m² que ocupava em São Cristóvão para um espaço de 1,4 mil m² em Benfica. Hoje, o tíquete inicial é de R$ 1,3 mil para desenvolvimento de um item.  “Uma marca que está começando, não tem como fazer um pedido grande. Como eles começariam sem um fornecedor disposto a atender sua demanda?”, indagou Lúcia. 

Segundo a empresária, o atendimento personalizado às pequenas empresas foi o principal diferencial que fez com que a Motta Carvalho tivesse uma grande aceitação no Rio de Janeiro, estimulando toda a cadeia produtiva da moda. Hoje, com 20 funcionários, a empresa caminha para a transformação, visando assegurar um atendimento personalizado, voltado para as necessidades de cada cliente. 

Assine nossa News

Informe seu melhor email para receber as últimas notícias do setor de joias e bijuterias.
Você é empresário do setor de joias e bijuterias?

Instagram Feed

POSTS RECENTES

 

Assine nossa News

Informe seu melhor email para receber as últimas notícias do setor de joias e bijuterias.

Você é empresário do setor de joias e bijuterias?