Slide background

Receba em primeira mão informações sobre eventos, feiras, cursos, palestras e muito mais!

Já vai embora?

CLIQUE AQUI PARA SE CADASTRAR

Jewellery Experience: Ni Romiti e Diogo Dalloz revelam os segredos da joalheria

Em meio à efervescência cultural do Porto, que atrai turistas de todos os cantos do mundo à segunda maior cidade de Portugal, Ni Romiti inaugurou, no último mês, uma loja, em parceria com Diogo Dalloz, que rompe com os limites da joalheria tradicional. No espaço de 16 metros quadrados ocupado pela dupla nas Galerias Lumiére, foi colocada uma autêntica banca de ourivessaria, para que o público possa assistir, ao vivo e a cores, a como é feita uma joia. Batizada de Jewellery Experience, o atelier criativo tem justamente a função que o nome sugere: transformar a experiência de compra em algo que vai além da simples relação comercial.

jewellery experience
“Os visitantes podem aprender um pouco sobre a fabricação de joias, e ainda encomendar peças  personalizadas, participando do processo de criação. A experiência retém o cliente por mais tempo na loja, e ele tende a voltar. O Porto tem um público bem diversificado, muitos turistas, que buscam por novidades. Procuramos cativar este tipo de público, mais jovem e cosmopolita”, explicou Bruno. 

Bruno e Diogo se conheceram na Ajorio, que tem a Ni Romiti como associada desde 2015. Participaram juntos da Milão Design Week,  e  começaram a trocar ideias sobre o papel da joia para as novas gerações e estratégias de reposicionamento do produto a fim de conquistar os futuros consumidores. “Depois que o Diogo voltou para Portugal para concluir o mestrado, nós decidimos abrir a loja com esta visão diferenciada sobre a relação de consumo”, contou. 

coquetel romiti dallozCoquetel de inauguração da loja Dalloz Romiti

Segundo Bruno, a joalheria portuguesa está começando a se abrir para um movimento de novos designers, que fazem um trabalho mais livre e moderno. “Portugal tem um mercado muito clássico, focado em peças mais pesadas, mas isso tem mudado. Um nova geração de designers e o ritmo de turismo forte vêm trazendo renovação e frescor ao mercado de joias”, disse Bruno. 

Brincos de Diogo DallozBrincos de Diogo Dalloz

E as novidades não param por aí. Além da Jewellery Experience, o empresário tem o projeto, a princípio para o próximo ano, de abrir a vitrine para novos designers que não tenham meios para expor seu trabalho. “Vamos fazer uma curadoria e abrir, de graça, sem custo algum, um espaço para quem está começando, e tem talento, poder mostrar seu trabalho”, conta Bruno sobre o projeto alinhado às tendências de economia solidária.  

Quem é a Ni Romiti

Com peças versáteis que primam pela sofisticação, a Ni Romiti nasceu a partir das criações da designer Thea Romiti, mãe de Bruno. Ao lado da esposa, Fabiana Cervo de Barros, coube a Bruno, formado em Economia, desenvolver a marca e gerenciar o negócio. 

Anel de Ni Romiti no catálogo É do Rio

Neta do cineasta Julio Romiti, Thea começou a criar joias há cerca de 40 anos. Artista nata, ela também fazia esculturas e pintava. Em um pequeno ateliê, criava peças para as amigas sob encomenda, mas de forma esporádica. A ideia de canalizar o talento de Thea para o negócio surgiu em um almoço de família, que contou também com o apoio do pai, Antonio Franco, um antigo admirador de gemas. 

Com espírito empreendedor, Bruno procurava por uma franquia para investir, quando Fabiana sugeriu aproveitar o talento de Thea para abrir a joalheria. O nome veio desta junção de pares: Ni, apelido de Fabiana, com o Romiti. Thea continua atuando como designer, enquanto Bruno e Fabiana tocam a parte comercial. 

As joias da Ni Romiti se destacam pela elegância combinada ao uso de pedras coloridas, como esmeraldas, quartzos, turmalinas, água marinha, citrino, ametista e rodolita. Nas peças mais sóbrias, gemas escuras como quartzo negro e ônix. 

Brincos Ni RomitiPeças de Ni Romiti em exposição na loja do Porto

Presente na última edição do Guia É do Rio!, Thea também incorpora o DNA carioca em suas criações. Uma de suas coleções, Orla, foi inspirada no calçadão de Copacabana. Para Bruno, as joias com linhas fluidas, que não se enquadram na joalheria pesada, combinam com o despojamento carioca. Em Portugal, esta joalheria com alma carioca promete agradar em cheio. 

aneis Ni RomitiAnéis Ni Romiti

Além da loja recém-inaugurada no Porto, a Ni Romiti também vende suas joias na Tempo 4, em Niterói, e pelo e-commerce Ni Romiti.

Assine nossa News

Informe seu melhor email para receber as últimas notícias do setor de joias e bijuterias.
Você é empresário do setor de joias e bijuterias?

Instagram Feed

POSTS RECENTES

 

Assine nossa News

Informe seu melhor email para receber as últimas notícias do setor de joias e bijuterias.

Você é empresário do setor de joias e bijuterias?