LOGOS AJORIO TOP2

Notícias

O futuro já chegou: Luís Rasquilha, novo consultor da Ajorio, apresenta as tendências para o varejo

A estreia de Luís Rasquilha como consultor da Ajorio agradou em cheio aos participantes do evento “O Varejo do Futuro”, palestra e workshop realizados no dia 9 de abril na sede da associação. CEO da Inova Consulting, professor da Fundação Dom Cabral e comentarista da CBN, Rasquilha repetiu o sucesso de sua apresentação na última Feninjer, quando recebeu o convite da presidente da Ajorio, Carla Pinheiro, para trazer ao Rio de Janeiro suas análises sobre as grandes transformações do mundo e como o varejo, e em especial o setor joalheiro, podem se preparar para enfrentá-las.

“O objetivo do Rasquilha é nos deixar desconfortáveis ao nos fazer enxergar o mundo que estamos vivendo, em que nada mais é certo, tudo é muito fluído. Mas ele está aqui para nos ajudar a encontrar um caminho, e o nosso principal desafio é descobrir como a joia vai se encaixar neste caminho. Eu acredito que tem solução. Não é só a joia, diversos produtos no mundo estão perdendo consumidores, que passaram a preferir a experiência ao produto. Mas a joia tem experiência, e tem atributos que nós estamos deixando de explorar, como o fato de ser artesanal, de ser única, da tecnologia envolvida na produção. Hoje, vamos ficar desconfortáveis para perceber que precisamos fazer algum movimento”, disse Carla Pinheiro na apresentação da palestra, a primeira de uma série que Rasquilha irá fazer na Ajorio.

Na primeira etapa do evento, Rasquilha falou sobre o que está acontecendo no mundo e sobre as mudanças previstas para daqui a 10 a 15 anos. “A joia tem futuro, se quisermos olhar para isso com um olhar mais aberto, com a cabeça mais livre das verdades absolutas. O ‘sempre foi assim’ nos trouxe até aqui, mas talvez não nos leve muito mais à frente”, disse para início de conversa.

Português radicado no Brasil, Rasquilha já trabalhou em oito países e é especialista em prever e analisar tendências comportamentais. Para ele, pensar o futuro é a chave para a sobrevivência neste mundo em constante transformação. “Temos que aprender com o passado, mas o futuro é onde vamos viver o resto de nossas vidas. Então, precisamos olhar para ele, e pensar como as mudanças globais vão impactar nosso negócio”, explicou.

E como será o futuro segundo os estudos de Luís Rasquilha? “O que mais vai mudar será o trabalho. As transformações tecnológicas são inúmeras, mas o que importa é como a tecnologia muda o comportamento das pessoas. A tecnologia será cada vez mais inclusiva, fácil de usar. A internet conecta pessoas, e pessoas conectadas criam grupos, que geram movimentos”, resumiu.

Em uma visão geral, as mudanças apontadas por Rasquilhas comportam tecnologia, globalização digital, demografia e longevidade, recursos energéticos e a força das sociedades. “O futuro será uma fusão entre tecnologia e pessoas”.

Segundo Rasquilha, um dos principais problemas das empresas é olhar para o histórico e para os lados, ou seja, para a concorrência, quando deveriam estar também se preparando para o que está por vir. “Quem vai mudar o negócio não são os concorrentes, estes nós já conhecemos. São os novos entrantes que alteram as regras do jogo”, disse.

Para o consultor, caberá ao empresário pensar no que ele tem para oferecer que ninguém mais tem, e no que as pessoas querem. Algumas dicas de aspectos que devam ser valorizados incluem economia de tempo, entrega de experiências, pensamento exponencial (o mundo terá mais oportunidades), conhecimento sobre o cliente e sobre o produto e, acima de tudo, vontade de testar coisas novas.

Em relação ao setor joalheiro, Rasquilha destacou três fatores fundamentais: storytelling, experiência e marca, aspectos aprofundados no workshop na parte da tarde.

Varejo do Futuro

Fisgados pela palestra, mais da metade dos participantes se inscreveu para o workshop, em que Rasquilha apresentou as seis grandes tendências para o varejo do futuro. São elas: Simplificação e transparência; Mobilidade e experiência de compra; Integração de canais (Omnicanal); Monitorização permanente de variáveis quali-quanti; Serviço WOW (satisfação e consequente fidelização dos clientes); e Tecnologias a serviço das pessoas.

Munidos de papel e caneta, os empresários se debruçaram sobre as questões, refletindo sobre quais tem a ver com seus respectivos negócios e por quais motivos. Ao fim, elaboraram um planejamento de atuação para os próximos 12 meses.

Ainda segundo Rasquilha, para passar do tradicional ao varejo do futuro, alguns passos deverão ser dados, que incluem o conceito de negócio adaptável, estar presente em todos os canais a fim de se tornar líder de mercado, oferecer soluções completas e personalizadas, transformar o ponto de venda em ponto de convivência, despertar a paixão dos colaboradores e a fidelização dos clientes e ter um propósito ético e autenticidade.

A diretora-executiva da Ajorio, Angela Andrade, encerrou o worshop propondo aos empresários que se unam no trabalho de reposicionamento da joia no imaginário coletivo. “O que nós, como entidade, e vocês, como empresários, dentro dos recursos que dispomos, podemos fazer para reposicionar a joia neste novo mundo? Este é um exercício que vamos fazer ao longo deste ano, promovendo eventos, palestras e workshops, para pensarmos juntos e encontrarmos o caminho”, avaliou.

Fiquem de olho na programação da Ajorio para não perder as próximas palestras de Luís Rasquilha e outras capacitações que serão oferecidas.

Notícias

 

 

SISTEMA AJORIO

 

sistem ajorio

 

 

PRINCIPAIS PARCEIROS

 

parceiros2013b

SEBRAE RJ FECOMÉRCIO RJ FIRJAN IBGM SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO INT PUC RIO

 

 

 

REDES SOCIAIS

 

              

 

 

 

 

logositeajorio

Av. Graça Aranha, 19 - Grupo 404 - Centro
Rio de Janeiro - RJ - CEP - 20030-002
ajorio@ajorio.com.br

Tel: (21) 2220 8004